Moradores de rua faz acampamento na beira do Rio Muriaé

Número de moradores de rua aumenta gradativamente em Itaperuna e a omissão da Secretaria Municipal de Ação Social, Trabalho e Habitação, que tem como titular a esposa do prefeito Marcus Vinicius, senhora Camila Pires, é gritante.

A secretaria não pode alegar falta de recursos para atender as necessidades dessas pessoas, que estão jogadas pelo município pela própria sorte, pois contratou uma organização social para gerenciar o órgão, no valor de R$372 mil reais mensais e fez a locação de veículos, onde está sendo apurado a existência de fraude ao processo licitatório e superfaturamento de contratos, processo que tramita da 2ª Vara da Comarca de Itaperuna, e a Carta Maior do nosso país contém a cláusula pétrea, que deve ser cumprida pelos entes federativo, que é a dignidade da pessoa humana.

Categories: NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Powered by themekiller.com